03 anos de ADEUS

Hoje é dia 15 de julho de 2014, faz exatamente 03 anos após o filme de Relíquias da Morte Part II, onde todo fã de Harry Potter estava ali dando um ultimo suspiro no cinema. E eu não fui diferente, fui com alguns amigos, amigos que não estão mais comigo, mas que nunca irei esquecer, e os amigos que estão até hoje.
Eu estava ali a não sei quanto tempo exatamente na fila como em todas as outras seções, mas aquela era especial, era o final que eu estava esperando a tanto tempo, queria saber como seria o fim na tela de cinemas, meus óculos em 3D ficaram embaçados de tanto chorar logo na primeira cena, quando Hermione tirou a lembrança de seus pais, fiquei imaginando minha mãe sem saber quem eu realmente era, será que suportaria tanta dor?
Depois foram tanta outras cenas, mas a cena que eu mais esperava aconteceu, a lembrança, aquela lembrança que ficaria marcada como lema de todo fã de Harry Potter, se eu conheço uma história de amor, eu posso dizer que sim, mas não termina com final feliz. Snape foi um grande exemplo naquele momento, ele se mostrou forte o bastante para suportar a dor que muitos não suportariam, enfrentou e defendeu Harry até o fim, e é como Snape que me espelho nos dia de hoje, ficar com Harry mesmo depois de tanto tempo..
Foram dois anos difíceis até se acostumar que não iria ter outra fila de cinema a enfrentar, que não iria mais preparar cosplays para o mês de julho, que não iria lançar mais um livro se quer, e o que me restou foram lembranças, lembranças de uma época que ficou marcada na minha vida, conheci tantas pessoas por causa de Harry Potter que ele não ira ficar apagado realmente.
Queria agradecer minha mãe todos os dias da minha vida por ter tido a paciência de ler O garoto que Sobreviveu pelo menos umas cem vezes antes de dormir e não conseguíamos sair do capitulo um. E meu amor por livros vem a partir dela, ela me incentivou a ler Harry Potter e depois vieram tantos outros e hoje se tornaram uma paixão, as letras são meu melhor amigo e Harry é o pai deles.
Caso você venha a gostar de Harry Potter agora não tenha medo, leia todos os livros, todos os filmes e não importa se chamaram você de alguma coisa (poser), pelo menos você leu a saga mais importante de todos os tempos, se você é mais velho assim como eu, mostre o livro para pessoas que não conhecem, não esconde o seu amor por el
e, apenas faça com que ele se torne eterno.
J.K.Rowling suas palavras e sua historia me emocionam e me fazem seguir em frente a pesar de a vida ser um tanto cheia de dragões, você sempre terá um lugar maior no meu coração, obrigada pela pessoa que sou hoje e que me tornarei em um futuro próximo, obrigada por sempre estar ao meu lado, e eu tenho certeza que Hogwarts sempre estará lá quando eu mais precisar dela.

 

images

Coração de Tinta

Coração de Tinta.
Autora: Cornella Funke
Editora: Seguinte
Tradução: Sonali Bertuol
453 Páginas.
Classificação: Regular.

Todo leitor tem vontade de conhecer o seu personagem preferido. Não importa como ele seja, o desejo se torna algo maior do que qualquer outra coisa. Mas ninguém imagina que uma pessoa possa ter esse poder. Mortimer ou Mo, como todos os chamam, além de encadernar os livros também possui a “língua encantada” que é o poder de retirar os personagens de suas histórias quando as lê em voz alta.
Certa noite Mo começa a ler Coração de Tinta para sua filha de três anos Meggie, e sua esposa Teresa. Mas nunca poderia imaginar que os personagens fossem sair do próprio livro, nem mesmo que se tratava do maior vilão de todos os tempos e que sua esposa havia sumido. Desde o sumiço de Teresa ele nunca mais lera uma única palavra do livro, prometera a si próprio que nunca mais cometeria tal erro.
A história continua quando Meggie completa doze anos. Ela nunca entendera o motivo de seu pai a ter criado sozinho. Ela sempre achara que sua mãe a tivesse abandonado, e mesmo que Mo contasse histórias e mostrasse fotos ela nunca pôde abandonar esse sentimento de mágoa.
A vida da menina sempre fora difícil. Ela e o pai sempre tiveram que viajar devido à profissão do seu pai, que era encadernador, criava novas roupas para livros velhos, o que era algo difícil de achar naquela época. Eles estavam se adaptando ao novo alojamento onde ficariam por um tempo, quando um misterioso homem chamado Dedo Empoeirado aparece na porta de sua casa no meio da madrugada, conversando com seu pai sobre um tal de Capricórnio e no mesmo instante teriam que fazer as malas e mais uma vez Meggie iria a casa de um parente de família. Mas Mo lhe garantia que ela ia gostar da tia Elinor, pelo fato de a mesma possuir uma biblioteca em casa.

No começo estava gostando de Coração de Tinta por inesperadamente aparecer um estranho no meio da madrugada onde Meggie estava situada. Logo depois percebi que faltavam informações sobre o personagem, e foi assim a história toda, ela mal fala sobre os personagens e a suas conjecturas, apenas da características para a história emsi e a importância sobre Coração de Tinta e sobre Mo ter que proteger sua filha.
Empaquei em algumas partes achando que a história poderia melhorar, mas descobri que detalhes não é o forte de Cornella. Então na metade do livro me dei por conta de que Elinor era um dos meus personagens preferidos, por razão de suas tiradas cômicas e sua arrogância, e também o próprio escritor Fenoglio.
Apesar de ter achado a história de iniciante eu gostei bastante do desfecho, não imaginei que terminaria do modo como terminou e pretendo continuar a trilogia.

il_340x270.586055419_is56

JK ROWLING publica novo contato com Harry Potter em seu site Pottermore.

Depois de exatamente três anos sem noticias sobre o paradeiro do personagem JK nos revela o que ocorreu com cada um deles em seu site Pottermore. A autorização da notícia aparece em um campo sobre A Copa Mundial de Quadribol, para poder coincidir com a Copa Mundial que está ocorrendo no Brasil.

O site Oclumência, um dos maiores sites de Harry Potter do Brasil, já divulgou a notícia juntamente com a tradução feito por Marcello Oliveiro.

 

ARMADA DE DUMBLEDORE SE REÚNE PARA A FINAL DA COPA MUNDIAL DE QUADRIBOL

Pela correspondente de fofoca do Profeta Diário, Rita Skeeter

Há celebridades – e depois há celebridades. Temos visto muitos rostos famosos enfeitarem as arquibancadas aqui no Deserto da Patagônia – Ministros e Presidentes, Celestina Warbeck, uma controversa banda bruxa de americanos chamada The Bent-Winged Snitches – todos tem causado rajadas e agitação, com os membros da multidão lutando por autógrafos e até lançando feitiços de pontes para alcançar os camarotes acima das cabeças da multidão.

Mas quando a notícia varreu pelo acampamento e estádio que um certo grupo de bruxos infames (não mais adolescentes com caras frescas que estavam em seu auge, mas, no entanto, reconhecíveis) a emoção foi além de qualquer coisa já vista. Enquanto a multidão corria, tendas foram destruídas e crianças pequenas foram achatadas. Fãs de todos os cantos do mundo invadiram a área onde havia rumores que a Armada de Dumbledore tinha sido vista, desesperados, acima de tudo, para ter um vislumbre do homem que ainda chamam de O Eleito.

Foram dados à família Potter e ao resto da armada um alojamento na seção VIP do campo, que é protegida por pesados feitiços e bruxos de segurança. A presença deles tem mantido enormes multidões ao redor da área isolada, tudo na expectativa de um vislumbre dos seus heróis. As 15hs de hoje eles conseguiram o que queriam, quando, acompanhados por gritos, Potter levou seus filhos James e Albus para visitar o lugar dos jogadores, onde foram apresentados ao búlgaro Victor Krum. Prestes a completar 34 anos, existe um par de fios brancos na cabeça do Auror, mas ele continua a usar os distintivos óculos redondos que alguns podem dizer que são mais adequadas para um garoto deficiente de 12 anos de idade. A famosa cicatriz de raio tem companhia: Potter tem um corte feio sob sua bochecha direita. Os pedidos de informações sobre a proveniência deste produziram a resposta habitual do Ministério da Magia: “Nós não comentamos sobre o último trabalho secreto do Departamento dos Aurores, como já lhe disse nada menos que 514 vezes, Srta. Skeeter”. Então o que eles estão escondendo? Seria o Eleito envolvido em mistérios frescos que um dia explodirão acima de nós, nos afundando em uma nova era de terror e caos?

Ou será que sua lesão teve uma origem mais humilde, que Potter está desesperado para esconder? Teria sua esposa, talvez, o amaldiçoado? Estão começando a aparecer quebras na união que os Potter fazem parecer tão feliz? Devemos interpretar alguma coisa do fato que sua esposa Ginevra estava perfeitamente feliz em deixar o esposo e os filhos para trás em Londres para a cobertura do torneio? O júri está fora do fato dela ter ou não talento e experiência para ser enviada a Copa Mundial de Quadribol (o júri está de volta – não!), mas vamos enfrenta-lo, quando seu sobrenome é Potter, portas abertas, os organismos desportivos internacionais se curvam, e os editores do Profeta Diário dão suas atribuições.

Como seus fãs devotos e seguidores vão se lembrar, Potter e Krum disputaram entre si no controverso Torneio Tribuxo, mas, aparentemente, não há ressentimentos, já que eles abraçaram após a reunião (o que realmente aconteceu naquele labirinto? Especulações são reprimidas pelo calor da saudação). Depois de meia hora de bate-papo, Potter e seus filhos voltaram para o acampamento onde eles socializaram com a Armada de Dumbledore até altas horas.

Nas tendas mais próximas, estão os dois colaboradores mais próximos de Potter, aqueles que sabem tudo sobre ele, e no entanto, sempre se recusam em falar com a imprensa. Eles estão com medo dele, ou são seus próprios segredos que têm medo de vazar, maculando o mito da derrota daquele que não pode ser nomeado? Agora casados, Ronald Weasley e Hermione Granger estavam com Potter em quase todos os passos de seu caminho. Como o resto da Armada de Dumbledore, eles lutaram na Batalha de Hogwarts e sem dúvidas merecem os aplausos e prêmios pela bravura acumulada sobre eles por um mundo bruxo grato. No rescaldo da Batalha, Weasley, cujo cabelo ruivo parece estar diluindo um pouco, passou a trabalhar com Potter no Ministério da Magia, mas largou dois anos depois para gerenciar o famoso empório de piadas bruxas “Gemialidades Weasley”. Foi ele, que declarou na época que “estou encantado em ajudar meu irmão Jorge com o negócio que sempre amei”? Ou ele ficou cheio de estar na sombra de Potter? O trabalho no Departamento de Aurores teria sido demais para o homem que admitiu que a destruição das horcruxes d’Aquele que não deve ser nomeado “teve seus efeitos” sobre ele? Ele não mostra sinais óbvios para uma doença mental analisados por distância, mas o público não é permitido chegar perto o suficiente para fazer uma avaliação adequada. Seria isso suspeito?

Hermione Granger, claro, sempre foi a femme fatale do grupo. Os relatos da imprensa da época revelaram que quando adolescente, ela “brincou com afeto” com Potter antes de ser seduzida pelo musculoso Victor Krum, até se definir como fiel escudeira de Potter. Após uma ascensão meteórica à vice chefe do Departamento de execução das Leis da Magia, agora ela está cotada para subir ainda mais no âmbito do Ministério da Magia, e também é mãe de seu filho, Hugo, e sua filha, Rosa. Será que Hermione Granger pode provar que uma bruxa pode realmente ter tudo? (Não – Olhem para o cabelo)

Depois, há os membros da Armada de Dumbledore que recebem um pouco menos de publicidade que Potter, Weasley e Granger (são ressentidos? Quase certeza). Neville Longbottom, agora um popular professor de herbologia na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, está aqui na Patagônia com sua esposa Hannah. Até recentemente, o casal morava em cima do Caldeirão Furado em Londres, mas haviam rumores de que Hannah não estava treinando apenas como curandeira, mas está aplicando seus trabalhos de mãe-de-família em Hogwarts. Fofocas sugerem que ela e seu marido querem desfrutar um pouco mais do Uísque de Fogo de Odgen do que a maioria de nós poderia esperar de pessoas que são guardiões de nossos filhos, mas, sem dúvidas, todos nós desejamos a ela uma boa sorte com suas aplicações.

Uma das últimas líderes da Armada de Dumbledore, é claro, Luna Lovegood (agora casada com Rolf Scamander, neto do célebre Magizoologista Newt). Ainda deliciosamente excêntrica, Luna foi varrendo a seção VIP com roupas compostas de bandeiras de todos os dezesseis países qualificados. Seus filhos gêmeos estão “em casa com o avô”. Seria isso um eufemismo para “muito perturbadores para serem vistos em público”? Certamente grosseiro sugerir isso. Diversos outros membros da Armada estão aqui, mas é sob esses seis que o maior interesse está focado. Onde quer que há uma cabeça vermelha se pode fazer um palpite de que ele pertence a um Weasley, mas é difícil dizer se é Jorge (rico co-proprietário das Gemialidades Weasley), Carlinhos (criador de dragões. Ainda solteiro – por que?) ou Percy (Chefe do Departamento de Transportes Mágicos – é culpa dele que as redes de Flú estão muito ocupadas)! O único fácil de se reconhecer, é Gui, coitado, está horrível com cicatrizes de um encontro com um lobisomem que de alguma forma (Encantamento? Poção do amor? Chantagem? Sequestro?) casou-se com a inegavelmente bela (embora, sem dúvida, de cabeça vazia) Fleur Delacour.

É dito que veremos outros membros da Armada de Dumbledore no camarote na Final, somando brilho e “Razzmatazz” a uma ocasião de gala. Esperamos que o comportamento de dois dos seus mais novos parasitas não vá constrange-los, acumulando vergonha para aqueles que já trouxeram honra ao nome “bruxo”.

Alguém sempre hesita em invadir a privacidade dos jovens, mas o fato é que qualquer pessoa estreitamente relacionada a Harry Potter colhe seus benefícios e deve pagar a pena do interesse público. Sem dúvidas Potter ficará angustiado ao saber que aos dezesseis anos de idade, seu afilhado Teddy Lupin – um meio-lobisomem magro com cabelo azul brilhante – não tem se comportado de forma condizente de bruxos da realeza desde que chegou no acampamento VIP. Se pode pedir muito que o sempre ocupado Potter mantenha as rédeas apertadas sobre esse menino selvagem, que foi confiado aos seus cuidados por seus pais morrerem, mas nos estremece saber que ele será o Mestre Lupin sem intervenção urgente. Enquanto isso, o Sr e a Sra Gui Weasley podem gostar de saber que a sua bela filha Victoire parece ser atraída para qualquer canto escuro em que o Mestre Lupin parece estar à espreita. A boa notícia é que ambos parecem ter encontrado um método de respirar através dos ouvidos. Não consigo imaginar nenhuma outra razão pelos quais eles sobreviveram tais períodos prolongados, que no meu tempo de jovem, eram chamados de “amassos”.

Mas não vamos ser graves. Harry Potter e seus companheiros nunca alegaram serem perfeitos! E para aqueles que querem saber exatamente como eles são imperfeitos, a minha nova biografia: “Dumbledore Army: The Dark Side of Demob” estará disponível a partir de 31 de Julho na Floreios e borrões.

 

images

Todo Dia – David Levithan

Todo dia

Autor: David Levithan

Editora: Galera.

Tradução: Ana Resende.

279 páginas.

Classificação: Cinco estrelas!

 

O que me diria se você acordasse todo dia em um corpo diferente? O que faria referente aos seus sentimentos? A sua história que nunca permanece? Vivendo como alguém novo a cada 24 hrs?

David Levithan nos conta sobre uma consciência de nome A. Ele não é um garoto, e nem uma garota. Não sabe quem são seus pais ou tem uma história definida. Ele toma a vida de outra pessoa emprestada a cada dia.

A acorda sempre em corpos de adolescentes com a sua mesma idade. Independente de cor, classe social, gênero, sexualidade, etc. Ele não pode criar vínculos com as pessoas ao seu redor, pois no dia seguinte não estará lá para seguir na mesma vida.

Mas quando A acorda em um corpo de um garoto chamado Justin, um menino de 16 anos, ele conhece Rhiannon, a nomarado do garoto em cujo o corpo ele está. A vive o dia como todos os outros, mas algo em Rhiannon lhe chama atenção, algo com o qual ele não consegue sabe lidar,  algo que é mais forte que ele. A e Rhiannon criam um laço. A se apaixona por ela, mas ela não faz ideia de que A seja outra pessoa senão seu próprio namorado. E A não consegue esquecê-la. A não pode seguir em frente. A encontrou o amor e não pode deixa-lo escapar. A quer algo que seja seu, alguém que o reconheça. Alguém que saiba da existência dele. E A quer que esse alguém seja Rhiannon. Será que Rhiannon consegue lidar com o fato de ele ser alguém diferente todos os dias? Será que ela pode amá-lo mesmo que ele mude tanto? Será que você se apaixonaria pela mesma pessoa, mesmo que ela não possa estar com você sempre? Mesmo que essa pessoa fosse algo eternamente mutável?

Imaginei que David Levithan me surpreenderia mais uma vez, e ele conseguiu. Eu me apaixonei por A. Me apaixonei pelo amor dele por Rhiannon. Por vezes quis poder viver como ele. Ver o mundo pelos olhos dele. Lavithan nos deixa reflexões, algumas questões a serem respondidas com cautela. O principal objetivo do autor é mostrar que podemos ser melhores a cada dia. Temos de fazer escolhas e precisamos lidar com as consequências. Ele nos mostra a vida de vários outros ângulos.

É um livro cheio de reflexões, que me deixou querendo mais. Que teve a capacidade de me encantar de tal modo que eu não quis que acabasse. Eu quis saber mais sobre a vida da A. Quis saber mais sobre a sua vida, ou melhor, as suas vidas. Eu quis e quero. Ainda assim, Levithan pôde finalizar essa incrível história de modo surpreendente, e o final fez jus a toda à narrativa.

Todos deveriam ler Todo Dia, porque é o tipo de leitura que compõe o amadurecimento.

 

todo-dia-david-levithan

O Destino do Tigre

O Destino do Tigre

Autora: Colleen Houck.

Tradução: Raquel Zampil.

Editora: Arqueiro

395 páginas.

Sinopse: A história conta sobre uma garota órfã chamada Kelsey Hyes, em suas férias de verão decidi ir trabalhar e se inscreve em um programa na cidade. Depois de ter feito as entrevistas ela é selecionada para trabalhar em um circo. A garota ficou animada com a ideia, mas depois viu que não era tudo isso que esperava, ela teria que cuidar de um tigre branco. Ela tentava não entrar em pânico apesar de gostar de animais, no decorrer dos dias ela percebera que o seu companheiro era dócil e que gostava de sua companhia, assim se tornaram amigos. Certo dia Kelsey foi dar comida ao tigre e ele não estava mais lá, sua respiração falhará e uma onda de pânico se alastrou já que o felino era sua única companhia, mas não sabia que o tigre poderia virar um príncipe da índia durante alguns segundos e não sabia que isso mudaria todo o percurso de sua história.

 

 

 

Resenha: O Destino do Tigre.

 

O Destino do Tigre é o último volume da saga da série ‘’A Maldição do Tigre’’ da autora Colleen Houck da editora Arqueiro, e este é meu primeiro livro que marco post-its. Utilizei os post-its da seguinte maneira.

  • Azul: Para descrições de personagens que surgiam durante a história.
  • Laranja: O que Kelsey conseguia fazer utilizando os seus poderes.
  • Verde: Descrição de lugares.
  • Amarelo: Frases que me marcaram.

 

 

Sobre os personagens principais eles desenvolveram bem durante toda a trajetória da aventura principalmente Kelsey que se tornara madura, persistente e nunca desistindo da sua busca apesar dos obstáculos que enfrenta durante a longa jornada. Sobre seus sentimentos ela ficara mais confiante em si e determinada.

Ren se tornou frio e calculista o que me deixou um pouco com raiva dele no livro anterior da série, mas nessa aventura ele volta com seu jeito carinhoso e ciumento.

Kishan: Apesar de ser o foco principal da história o personagem acaba sempre sendo o último plano, o que me incomodava um pouco, mas durante esta aventura ele passou a ter destaque assim como os outros personagens.

 

Personagens: A cada página temos um detalhe diferente, ela descreve a fundo não deixando o leitor perdido entre eles, já que neste último livro possuí inúmeros personagens diferentes. Além da sua descrição perfeita ela introduz uma história para cada um deles contando como surgiu, esse é um dos pontos fortes que me agrada em sua leitura.

 Lugares: Mesmo conceito destinado aos personagens ela faz com os lugares se tornem mágico contando um pouco de sua história e dos moradores que vivem ali, por ter também vários lugares diferentes ela não deixa passar despercebido nenhum detalhe.

Poderes: Kelsey vem desenvolvendo ao longo do livro além de sua maturidade e sentimentos, vem também os seus poderes, não tão descritivo quanto aos lugares e personagens, mas útil no decorrer da história. O fato que me deixou um tanto nervosa foi que a autora só explicou exatamente cada poder nesse último livro, assim concluímos que a personagem não desenvolvera tanto nessa questão.

Romance: O romance do livro ganhara uma perspectiva diferente já que Kelsey não é mais criança, desfez as passagens maçantes, fez com que o leitor focasse nos dois personagens em que ela estava na dúvida, desenvolvendo o lado romântico de ambos, e também o desfecho final de todo esse triângulo amoroso.

 

Recomendo a todos a série, não importando sua idade, é um livro que pode abranger qualquer público fazendo com que se torne o queridinho de muitos, assim como o meu.

 

DSC_00091

Canais Literários que vocês deveriam ver !

Queria dizer que o ”Mais um Livro” não foi um simples blog inventado por sua dona, e sim foi feito uma pesquisa antes de poder criar, pesquisa que duraram alguns messes, a coragem de saber reagir as e de poder prosseguir com um projeto tão gratificante. Sei que é apenas o começo de tudo, mas espero que ele possa continuar.

Claro que tive todo o apoio de minha mãe e de amigos, pois se não fosse por eles também isso aqui não teria dado certo.

Depois de tantas pesquisas ao longo dos messes deixo aqui o que eu absorvi de aprendizado e como mudei meu ponto de vista literário e gostos. Continuar lendo

Eu assisti A Culpa é das Estrelas.

Não sei o que dizer sobre A Culpa é das Estrelas, mas sei o que dizer sobre o que eu estou sentindo no momento. A primeira reação quando li Quem é você Alaska? Do John Green me deixou meia perdida com sua escrita um tanto complicada, tentei entender o labirinto que Alaska estava tentando introduzir na questão, mas simplesmente não deu, decidi persistir na escrita de John e comprei A Culpa é das Estrelas e senti que ele seria mais um dos meus favoritos, e não estava errada.

A cada página me simpatizava ainda mais com Hazel devido ao fato de ser uma granada e suportar toda a sua dor, com cada momento que ela passou em sua vida, compartilhei seus medos e também pude sentir o amor verdadeiro quando ela conheceu Augustus Walter.

Walter me tirou inúmeras gargalhadas durante a história, conheci um cara diferente de todos esses que estamos acostumados a ver na vida real, conheci uma pessoa que simplesmente vive a vida devagar, como se os dias fossem únicos.

Isaac me tirou momentos de raivas e carinhos quando ele compartilhava sua doença, era um misto de emoções a cada página, não sabia se ria, se chorava, se sentia raiva.

John Green havia se superado e se tornou um dos meus escritores preferidos e descobri também que gosto de histórias dramáticas, onde realmente faz com que você sinta dor, mas a coisa mais bizarra dessa história toda é o escritor Peter, minha vontade de conhecer Rowling vai além dos limites, e inúmeras vezes eu me peguei a pensar se ela não seria como Peter, ou se ela não seria uma pessoa qualquer, simples e não um gênio, essas perguntas ainda perturbam o meu cérebro, mas ainda assim a vejo como meu super-herói que conseguiu com que eu me infiltrasse nesse mundo.

Tirando todas essas emoções descritas em cada personagem ficaram realmente com medo quando disseram que o livro ia virar filme,” meu deus lá vem mais uma adaptação de merda’”, foi a primeira reação que surgiu em minha mente, mas não, o filme é incrível, merece todo o crédito que foi gasto, John esta de parabéns por ter interferido e a cada momento eu me senti dentro do livro, mesmo não caindo uma só lágrima do meu rosto me senti como se estivesse nele, pude ver cada detalhe, os personagens conseguiram nos mostrar as mensagens que deveriam ser passadas, e isso me marcou, fiquei feliz de poder estar lá e ouvir um singelo OK, realmente vale a pena ir ao cinema, cada centavo será bem gasto.

 
03